Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


PEDRA BOLIDEIRA (junho de 2008)

Domingo, 14.06.20

 

PEDRA BOLIDEIRA

Republicação de 18 de junho de 2008, in:

https://aguasfrias.blogs.sapo.pt/2008/06/18/

 

Depois dos limites da freguesia de Águas Frias, e poucos Km, pela estrada nacional ...

Carvalhal_InPixio_ms

... chegamos a terrenos pertencentes à freguesia vizinha de Bobadela. A razão que me levou a alterar o principal objectivo, é simples - visitar um local peculiar – A Pedra Bolideira.

Pedra Bolideira (Chaves) 6_InPixio_ms

Assim, … continuando, e chegados ao fim do estradão, encontramos a estrada nacional 103, que atravessei.

Pedra Bolideira (Chaves) 3_InPixio_ms

Percorrendo alguns metros, à direita, encontramos um enorme bloco de granito com mais de 3 m de altura e cerca de 10 m de comprimento e largura, com um peso de várias toneladas.

Pedra Bolideira (Chaves) 9_InPixio_ms

Mas o que torna este megalítico tão conhecido, tão peculiar e merecedor de ser considerado monumento nacional?

É que, apesar de todo esse tamanho e peso, qualquer pessoa, com um simples impulso, no local adequado, faz balançar este gigantesco penedo.

Ou seja, qualquer um pode fazer a fraga “bolir” (mexer), daí o nome – Pedra Bolideira.

Pedra Bolideira (Chaves) 5_InPixio_ms

Claro que nada de paranormal se passa, mas somente, que a base de uma parte da rocha assenta sobre uma aresta de outra rocha (em aproximadamente meio metro).

Pedra Bolideira (Chaves) 7_InPixio_ms

Conta a lenda que o fenómeno foi descoberto quando, num certo dia, um pastor que apascentava os seus animais, reparou que um dos seus carneiros, ao coçar os chifres na pedra, a fazia mexer (bolir). Para confirmar o que os seus olhos viam, o pastor resolveu colocar uma pequena vara de giesta entre a fraga movediça e uma outra que estava fixa na base. Confirmou então que essa vara arqueava quando empurrava a fraga.

Pedra Bolideira (Chaves) 2_InPixio_ms

Se assim se passou ou não, desconheço, mas uma coisa é certa, de todas as vezes que fui ao local, sempre encontrei uma vara entre as rochas para que quem quer que a visite possa confirmar que, de facto a Pedra Bole (mexe).

Duvida? Tal como S. Tomé, venha ver (experimentar) para crer.

Pedra Bolideira (Chaves) 4_InPixio_ms

Depois de experimentar, mais uma vez este fenómeno de equilíbrio, regressei até ao cruzamento.

Pedra Bolideira (Chaves) 1_InPixio_ms

Aí, virei à esquerda e pela estrada 103 (em direcção a Chaves) deixando a pequena aldeia de Bolideira (freguesia de Bobadela) e dirigindo-me novamente para terras da freguesia de Águas Frias.

Depois de passar pelo posto de abastecimento do  líquido cada vez mais precioso, já que a cada dia se torna mais caro (gasolina/gasóleo) mas onde, no seu bar, se podem degustar uns bons petiscos, parei numa área de descanso.

O local teria todas as condições para ser de excepcional eleição, já que tem uma paisagem soberba, tem mesas e bancos de granito onde se poderá apreciar um farto farnel, mas ... e há sempre um mas.... encontrei algum lixo que "alguém" na sua passagem não teve o respeito de deixar para os outros o local que gostaria de encontrar para si mesmo.

Fonte_InPixio_ms

Outro pormenor neste local é a "escultura" em pedra que se encontra no local e que foi executada por um "artista" cantoneiro aquafrigidense que com carinho, mestria, sentido estético e sentido prático, já que tinha a funcionalidade de servir de fonte de água fresca a todos os que nos dias de estio aqui paravam sequiosos. Não posso deixar de referir o autor desta "escultura - fonte" - o saudoso José Joaquim Rodrigues e por todos, carinhosamente conhecido por Zé "Herói".

 .

Mas, ... e mais uma vez, há sempre um mas ...

A "fonte" não verte uma única gota de água. É pena. Mas penso que não seria difícil reverter a situação e dar novamente funcionalidade à ideia original. Todos os que por lá pararem, certamente irão agradecer.

 .

Continuei ....

campo de centeio_InPixio_ms

A próxima paragem será ….

 

Ver também:
 
https://www.facebook.com/mario.silva.3363
https://mariosilva2020.blogs.sapo.pt 
https://aguasfrias.blogs.sapo.pt 
https://www.flickr.com/photos/7791788@N04/
https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA?view_as=subscriber"
 
 
 
 
 
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Mário Silva às 00:06

CORPO DE DEUS

Quinta-feira, 11.06.20

 

CORPO DE DEUS

 

Corpus Christi (expressão latina que significa Corpo de Cristo, ou Corpus Domini e generalizada em Portugal como Corpo de Deus, é uma comemoração litúrgica católica que ocorre na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade, que, por sua vez, acontece no domingo seguinte ao de Pentecostes. É uma "Festa de Guarda", em que a participação da Santa Missa é obrigatória, na forma estabelecida pela conferência episcopal do país respetivo.

 

A procissão pelas vias públicas, quando é feita, atende a uma recomendação do Código de Direito Canônico (cânone 944) que determina ao bispo diocesano que a providencie, onde for possível, "para testemunhar publicamente a adoração e a veneração para com a Santíssima Eucaristia, principalmente na solenidade do Corpo e Sangue de Cristo." É recomendado que, nestas datas, a não ser por causa grave e urgente, não se ausente da diocese o bispo (cânone 395).

 

DSC06869_ms

A origem da Solenidade do Corpo e Sangue de Cristo remonta ao século XIII. O papa Urbano IV, na época o cônego Tiago Pantaleão de Troyes, arcediago do Cabido Diocesano de Liège, na Bélgica, recebeu o segredo da freira agostiniana Juliana de Mont Cornillon, que teve visões de Cristo demonstrando desejo de que o mistério da Eucaristia fosse celebrado com destaque. Por volta de 1264, em uma cidade próxima a Orvieto (onde o já então papa Urbano IV tinha sua corte), chamada Bolsena, ocorreu o Milagre de Bolsena, em que um sacerdote celebrante da Santa Missa, no momento de partir a Sagrada Hóstia, teria visto sair dela sangue, que empapou o corporal (pano onde se apoiam o cálice e a patena durante a Missa). O papa determinou que os objetos milagrosos fossem trazidos para Orvieto em grande procissão em 19 de junho de 1264, sendo recebidos solenemente por Sua Santidade e levados para a Catedral de Santa Prisca. Esta foi a primeira procissão do Corporal Eucarístico de que se tem notícia. A festa de Corpus Christi foi oficialmente instituída por Urbano IV com a publicação da bula Transiturus em 8 de setembro de 1264, para ser celebrada na quinta-feira depois da oitava de Pentecostes.

 

Para um maior esplendor da solenidade, desejava Urbano IV um Ofício para ser cantado durante a celebração. O Ofício escolhido foi composto por São Tomás de Aquino, cujo título era Lauda Sion (Louva Sião). Este cântico permanece até a atualidade nas celebrações de Corpus Christi.

 

O decreto de Urbano IV teve pouca repercussão, porque o papa morreu em seguida, menos de um mês depois da publicação da bula Transiturus. Mas se propagou por algumas igrejas, como na diocese de Colônia, na Alemanha, onde Corpus Christi é celebrada desde antes de 1270. A procissão surgiu em Colônia e difundiu-se primeiro na Alemanha, depois na França e na Itália. Em Roma, é encontrada desde 1350.

 

A Eucaristia é um dos sete sacramentos e foi instituído na Última Ceia, quando Jesus disse: "Este é o Meu corpo... isto é o Meu sangue... fazei isto em memória de mim". Segundo Santo Agostinho, é um memorial de imenso benefício para os fiéis, deixado nas formas visíveis do pão e do vinho. Porque a Eucaristia foi celebrada pela primeira vez na Quinta-Feira Santa, Corpus Christi se celebra sempre numa quinta-feira após o vinho sangue de Jesus Cristo, em toda Santa Missa, mesmo que esta transformação da matéria não seja visível.

 

Em Portugal

Em Portugal tradicionalmente é dia feriado. Em 2013, 2014 e 2015, o feriado foi retirado, mas regressou em 2016.

 

Neste dia, em todas as 20 dioceses de Portugal fazem-se solenes procissões a partir da igreja catedral, tal como em muitas outras localidades, que são muito concorridas. Estas procissões atingem o seu esplendor máximo em Braga, Porto e Lisboa.

 

Ordenada por dom Dinis, a festa do Corpus Christi começou a ser celebrada em 1282, embora haja referências à sua comemoração desde os tempos de dom Afonso III. Em Portugal, a festa era antigamente celebrada com danças, folias e procissões em que o sagrado e o profano se misturavam. Representantes de várias profissões, carros alegóricos, diabos, a serpe, a coca, gigantones, ao som de gaitas de foles e outros instrumentos, desfilavam pelas ruas. Das danças dos ofícios, em Penafiel, ainda se celebram o baile dos ferreiros, o baile dos pedreiros e o baile das floreiras. Esta celebração tem uma conotação muito forte no Minho, particularmente em Monção e em Ponte de Lima. Em Ponte de Lima, a tradição d´O Corpo de Deus perdura já há vários séculos.

 

O Corpo de Deus é celebrado no 60º dia após a Páscoa, ou mais corretamente na Quinta-feira que se segue ao Domingo da Santíssima Trindade (que, por sua vez, é o primeiro Domingo a seguir ao Pentecostes) seguindo a norma canônica. A diferença prende-se no fato de, no dia posterior ao feriado nacional, realizar-se uma celebração, própria e exclusiva da vila, tendo sido decretado desde 1977 feriado para todos os Limianos.

 

As celebrações do Corpo de Deus realizam-se durante todo o dia, sendo os Limianos presenteados com uma procissão da parte da manhã e outra da parte da tarde em volta da vila e uma missa para todos os habitantes do Concelho no próprio dia, sempre ao meio-dia, na Igreja Matriz. Em Braga, é também tradição, desde 1923, a presença maciça de Escuteiros do Corpo Nacional de Escutas - Escutismo Católico Português, pois foi nessa procissão que os mesmos se apresentaram em público naquele ano.

 

Tapetes

Os tapetes de rua são uma tradição e manifestação artística popular realizada por fiéis da Igreja Católica, confecionados para a passagem da procissão de Corpus Christi.

 

A tradição da confeção do tapete surgiu em Portugal e veio para o Brasil com os colonizadores. Os desenhos utilizados são variados, mas enfocam principalmente o tema Eucaristia.

 

Para confecionar os tapetes são utilizados diversos tipos de materiais, tais como pó de madeira colorida, farinha, areia, flores e outros acessórios.

 

In: https://pt.wikipedia.org/wiki/Corpus_Christi

 

 

Ver também:
 
https://www.facebook.com/mario.silva.3363
https://mariosilva2020.blogs.sapo.pt 
https://aguasfrias.blogs.sapo.pt 
https://www.flickr.com/photos/7791788@N04/
https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA?view_as=subscriber"
 
 
                              
 
 
 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Mário Silva às 00:06

Relógio de Sol - junho de 2007

Sexta-feira, 05.06.20

 

RELÓGIO DE SOL

 

Águas Frias - Chaves

PORTUGAL

 

republicação de 08 de junho de 2007, in:

https://aguasfrias.blogs.sapo.pt/2007/06/08/

 

No canto direito, junto a um dos pináculos, sobre a cornija central da Igreja de Águas Frias poderemos observar um Relógio de Sol.

Embora nos dias de hoje a sua utilidade seja meramente decorativa, ela já foi/ou terá sido de grande utilidade na medição/organização do tempo, “guiando” o tempo disponível para as tarefas diárias dos seus habitantes.

Relógio de sol_ms

Este instrumento, que não necessitando de “pilhas alcalinas”, dar corda, ou qualquer fonte energética, tinha um inconveniente … só “trabalhava” quando estava sol, dando jus ao seu nome – Relógio de Sol.

Desde os primórdios da Humanidade que o Homem foi observando que a sombra de um objecto projectada pelo Sol, lhe dava indicações para medir o tempo ao logo do dia (a sombra crescia até ao meio do dia e decrescia à medida que este se esgotava, com a aproximação da noite). Baseados nesta constatação chegou-se à construção de Relógios de Sol, que se pensa terem surgido no Egipto ou na Mesopotâmia desde 3000 A.C.


O exemplar da Igreja Matriz de Águas Frias tem um mostrador de forma circular, onde estão pintadas as horas (solares) e no centro um triângulo em ferro (gnomon), que em dias de sol projecta a sua sombra no mostrador dando-nos a indicação da hora solar.
Este exemplar ainda é abrilhantado com a estilização do próprio Sol.
Embora já sem utilização prática é um elegante elemento decorativo que enaltece todo o conjunto que é a Igreja Matriz.

 

Ver também:
 
 
 
 
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Mário Silva às 00:06

Porque ainda é Primavera ...

Terça-feira, 02.06.20

 

Porque ainda é Primavera ...

 

Republicação de 02 de junho de 2007

inhttps://aguasfrias.blogs.sapo.pt/2007/06/02/

primavera 1_ms

Porque ainda é Primavera ….
… os campos, em redor do casario da aldeia, cobrem-se de pequenas flores campestres.
São pequenas, … quase insignificantes, mas, … observadas com cuidado, revelam uma fonte de beleza e harmonia impressionante.

primavera 2_msNo silêncio da paisagem todo um mundo de pequenos insectos, aves e pequenos animais fervilham em seu redor…

primavera 3_msVale a pena mergulhar pelos campos e disfrutar da beleza que a Natureza nos oferece sem nada pedir em troca, que mais não seja a sua contemplação.

primavera 4_ms

 É pena, que com toda a tecnologia de hoje ainda não seja possível partilhar também os odores …

As fotos foram tiradas numa tarde, após alguns chuviscos,…
… a mistura entre os cheiros da terra húmida, da erva viçosa e das imensas variedades de plantas e suas flores, é outro encantamento para os nossos sentidos…

primavera 5_ms


Vale a pena passear pelos campos da aldeia …

 

 
Ver também:
 
 
 
 
 
 
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Mário Silva às 00:05

... joaninha, voa, voa, ... pela aldeia fora ... (18 maio de 2013)

Sábado, 30.05.20

 

 

... joaninha, voa, voa, pela aldeia fora ...

 

republicação de 18 de maio de 2013, in:

https://aguasfrias.blogs.sapo.pt/2013/05/18/

 

Com a primavera chega também um inseto de uma beleza invulgar e que faz os encantos dos miúdos e graúdos - a joaninha.


Hoje vamos "acompanhar" uma breve viagem de uma hipotética joaninha e o que poderia ver da Aldeia.

 

Joaninha 1_ms_InPixio

Tenho pintinhas pretas

que me dão muita gracinha,

e gosto de ser quem sou

pequenina, Joaninha!

 

Joaninha 2_ms

Consigo voar lá no alto

mesmo sendo pequenina

levo cor, felicidade…

na ponta da minha asinha!

 

Joaninha 3_ms

Ai se eu fizesse magia…

andava por onde queria

ajudava toda a gente

a viver em alegria!

Joaninha 5_ms

 Para terminar o voo da nossa hipotética joaninha, vamos deixá-la "falar de si mesma" depois de ter consultado a wikipédia:

Joaninha 6

"Joaninha é o nome popular dos insetos coleópteros da família Coccinellidae. Os cocinelídeos possuem corpo semiesférico, cabeça pequena, 6 patas muito curtas e asas membranosas muito desenvolvidas, protegidas por uma carapaça quitinosa que geralmente apresenta cores vistosas. Podem medir de 1 até 10 milímetros, vivendo até 180 dias.

Joaninha 7_ms

Como os demais coleópteros, passam por uma metamorfose completa durante seu desenvolvimento; seus ovos eclodem em 1 semana e o estágio larval é de 3 semanas, durante o qual o inseto já apresenta a mesma alimentação do adulto (imago). A larva, geralmente, tem corpo achatado e longo, com tubérculos ou espinhos e faixas coloridas ao seu longo. Possui duas antenas que servem para sentir o cheiro e o gosto. Há cerca de 4500 espécies na família, distribuídas por 350 géneros, distinguíveis pelos padrões de cores e pintas da carapaça.

 

As joaninhas são predadores no mundo dos insetos e alimentam-se de afídeos, moscas da fruta, pulgões, piolhos da folha e outros tipos de insetos, a maioria deles nocivos para as plantas. Uma vez que a maioria das suas presas causa estragos às colheitas e plantações, as joaninhas são consideradas benéficas pelos agricultores. Apesar da grande utilidade, estes insetos sofrem ameaça dos agrotóxicos utilizados pelos agricultores em suas plantações, embora a maioria das espécies não seja considerada como ameaçadas."

 

 
Ver também:
 
https://www.facebook.com/mario.silva.3363
https://mariosilva2020.blogs.sapo.pt 
https://aguasfrias.blogs.sapo.pt 
https://www.flickr.com/photos/7791788@N04/
https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA?view_as=subscriber"
 
 
 
 
 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Mário Silva às 00:05







mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

LUMBUDUS

blog-logo

Horas certas


calendário

Janeiro 2021

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Metereologia






Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.