Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


... os animais no (do) campo ... (republicação 22-06-2013)

Segunda-feira, 29.06.20

 

... os animais no (do) campo ...

 

Republicação de 22 de junho de 2013, in:

https://aguasfrias.blogs.sapo.pt/2013/06/22/ 

 

A domesticação e utilização dos animais para uso das qualidades/capacidades para benefício do Homem remonta já ao Homem pré histórico.

O Homem, com a sua capacidade pensante, desde cedo viu que alguns animais (até aí) selvagens poderia domesticar e tirar benefício deles para o seu bem estar, desde para a sua alimentação, dos produtos naturais que deles poderiam obter (pele, produtos que eles produziam como o leite, ovos, etc.) e também aproveitando a força de trabalho para os ajudarem nos seus trabalhos, essencialmente agrícolas, como lavrar, arar,... e servir como meio de transporte de carga e até pessoal).

Outros, para os ajudarem na vigilância (como o cão) ou até, como o gato, para afugentarem ou comerem animais considerados daninhos (ratos que comiam as suas sementes).

Águas Frias, terra essencialmente rural, também aproveita as potencialidades dos animais, como atividade pecuária, embora não sendo de forma extensiva, mas praticamente como atividade de subsistência.

 

Muito se poderia dizer sobre os animais que o homem foi domesticando e criando, sempre pensando no seu benefício ..., mas como isso tornaria longa e fastidiosa esta  leitura, deixo, aqui alguns links para uma consulta mais pormenorizada sobre os animais que ilustro este post:

Sr Carlos e rebanho_ms

Cão: https://pt.wikipedia.org/wiki/C%C3%A3o

Cão Pastor: https://pt.wikipedia.org/wiki/C%C3%A3o_pastor

 

Ovelha negra_ms

"Ovelha Negra": https://pt.wikipedia.org/wiki/Ovelha_negra 

 

Burro_ms

Burro: https://pt.wikipedia.org/wiki/Burro

 

cavalo_ms

Cavalo:  https://pt.wikipedia.org/wiki/Cavalo

 

Ovelha_ms

 Ovelha: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ovelha

 

 

🐏          🐐          🐴          🐎          🐑          🐕

 

Ver também:

https://www.facebook.com/mario.silva.3363 

http://aguasfrias.blogs.sapo.pt 

https://mariosilva2020.blogs.sapo.pt/

www.flickr.com/photos/7791788@N04

https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA?view_as=subscriber

 

🐏          🐐          🐴          🐎          🐑          🐕

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Mário Silva às 00:06

… os animais … no (do) campo … (1) - Republicação de 15 de junho de 2013

Sexta-feira, 26.06.20

 

 

… os animais … no (do) campo … (1)

 

Republicação de 15 de junho de 2013

In: https://aguasfrias.blogs.sapo.pt/2013/06/15/

 

 

"De todos os animais da criação
o homem é o único que
bebe sem ter sede
come sem ter fome
e fala sem nada dizer"

John Steinbeck

 

 

boi_ms

 

Vitelos_ms

Burro do Charrua_ms

 

🐏          🐐          🐴          🐎          🐑          🐕

 

 

Ver também:

https://www.facebook.com/mario.silva.3363 

http://aguasfrias.blogs.sapo.pt 

https://mariosilva2020.blogs.sapo.pt/

www.flickr.com/photos/7791788@N04

https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA?view_as=subscriber

 

 

🐏          🐐          🐴          🐎          🐑          🐕

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Mário Silva às 00:06

Quatro "click's" na Aldeia ... de Águas Frias (Chaves)  - PORTUGAL (republicação 01_06_2013)

Terça-feira, 23.06.20

 

 

Águas Frias (Chaves) 

... Quatro "click's" na Aldeia ...

 

📸          📷          📷          📸

 

Republicação de 01 junho 2013, in:

https://aguasfrias.blogs.sapo.pt/2013/06/01/

 

Aldeia 1

... A Aldeia entre árvores ...  /

... The Village among trees ... /  ... Le Village parmi les arbres ...

... Das Dorf zwischen den Bäumen ..

 

Aldeia 2

... O cavalo castanho e a giesta branca ... /

... Le cheval marron et blanc genista  ... /... The brown horse and white broom .../ 

... Die Rosskastanie und weißen genietet ...

 

 

Aldeia 3

...a fraga, o campo e a Aldeia como fundo ... /

... the stone, the countryside and the village in the background ... / ... la pierre, la campagne et le village en toile de fond ... /

... der Stein, die Landschaft und das Dorf als Kulisse ...

 

Aldeia 4

... calmamente pastando ... /

... quietly grazing in ... / ... frôlant tranquillement ... / ... ruhig weidenden ...

 

 

 📸          📷          📷          📸

 

 Ver também:

https://aguasfrias.blogs.sapo.pt/

https://aguasfriaschaves.blogs.sapo.pt

https://mariosilva2020.blogs.sapo.pt

https://www.flickr.com/photos/7791788@N04/

https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA?view_as=subscriber

 

📸          📷          📷          📸

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Mário Silva às 00:06

Capela da (ex) N.ª Sr.ª dos Prazeres - Águas Frias - Chaves - Trás-Os-Montes - PORTUGAL (10 junho 2012)

Sábado, 20.06.20

 

Capela da (ex) N.ª Sr.ª dos Prazeres

Águas Frias - Chaves - Trás-Os-Montes - PORTUGAL

 

.

Republicação de 10 de junho de 2012, in:

https://aguasfrias.blogs.sapo.pt/2012/06/10/

 

No meio do Povo de Águas Frias (Cimo de Vila) encontra-se uma pequena e antiga capela que era dedicada a Nossa Senhora dos Prazeres. Esta é uma capela particular mas de grande devoção de toda a população da Aldeia. Durante muitos anos esteve ao abandono, deixando que os elementos naturais, a fosse detiorando.

capela 1_ms

Era uma capelinha com um belo altar em madeira talhada (já muitíssimo degradada).

 

Mas nem tudo é mau, no que se refere a esta capela, embora tenha muitas reservas pessoais ao que foi realizado.

capela 2_ms

O seu proprietário, Sr. Adamastor, resolveu a espensas suas, reabilitar a capela, limpando a pedra, colocando um telhado novo e novas portas. Ao que me foi chegando, este benemérito trabaho seria para dignificar este edifício religioso, "para o devolver" às Gentes devotas de Nª Srª dos Prazeres (?!!!).

 

Bem haja !!!!

Mas ...

 .... a capela continua a ser particular, continuando sempre fechada ao Povo da Aldeia, e,...

... a capela que foi, desde sempre dedicada a N.ª Sr.ª dos Prazeres, não tem nenhuma imagem desta santa (???!!!)...

... Assim o POVO (nomeadamente os emigrantes da Aldeia) compraram uma imagem da santa da sua devoção e construíram um nicho em granito e vidro, perto da "sua" capela. 

Agora, a N.ª Sr.ª dos Prazeres pode ser venerada, livremente pelos seus devotos. 

 

capela 3_ms

A devoção a Nossa Senhora dos Prazeres teve início em Portugal por volta do ano de 1590.  Nossa Senhora dos Prazeres é a mesma Nossa Senhora das Sete Alegrias. 

 

capela 4_ms

A disseminação de sua devoção é de origem franciscana, isto porque os prazeres, ou alegrias, de Nossa Senhora foram escritos por um franciscano.  São eles: a Anunciação, a saudação de Isabel, o Nascimento de Jesus, a visitação dos Reis Magos, o encontro com Jesus no Templo quando ele conversava com os doutores da Lei, a aparição de Jesus Ressuscitado e a coroação de Maria no céu.

 

capela 5_ms


Oração a Nossa Senhora dos Prazeres

Nossa Senhora dos Prazeres, nossa Mãe querida,
lembrando-me de vossas grandes alegrias:
a Anunciação do Senhor,
a visita à vossa prima Santa Isabel,
o Nascimento do Menino Deus,
a adoração dos Magos ao vosso Divino Filho,
o encontro de Jesus no templo,
a Ressurreição de Cristo e a vossa gloriosa Assunção,
queremos pedir a vossa intercessão por nós
e pelas nossas famílias junto a Deus.
Que Ele nos livre das doenças e dos perigos,
do desemprego e da desunião.
Nossa Senhora dos Prazeres,
ajudai-nos a sermos bons seguidores do vosso adorado Filho,
lendo e refletindo a Bíblia Sagrada,
alimentando-nos de Jesus na Eucaristia
e participando ativamente de nossa comunidade.
Queremos viver o mandamento do amor para com todos
e caminhar em nossa vida dentro da justiça,
colaborando para a construção da paz e da fraternidade.
Amém!

 

capela 6_ms

 

Ver também:

 

 

 

⛪          ⛪          ⛪

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Mário Silva às 00:06

Cerejeira (Cerdeira) – Da Flor ao Fruto - junho 2008

Quarta-feira, 17.06.20

 

CERDEIRA (Cerejeira)

Da Flor ao Fruto

🌼    🍒

 

Republicação de 23 de junho de 2009, in:

https://aguasfrias.blogs.sapo.pt/2009/06/23/#topo

 

Cerejeira (ou Cerdeira) é o nome dado a várias espécies de árvores, algumas frutíferas, outras produtoras de madeira nobre. Estas árvores classificam-se no sub-género Cerasus incluído no género Prunus (Rosaceae). Os frutos da cerejeira são conhecidos como cerejas, algumas delas comestíveis. A cerejeira foi introduzida na Europa, sendo que é uma planta originária da Ásia.

As cerejas são frutos pequenos e arredondados que podem apresentar várias cores, sendo o vermelho a mais comum entre as variedades comestíveis. A cereja-doce, de polpa macia e suculenta, é servida ao natural, como sobremesa. A cereja-ácida ou ginja, de polpa bem mais firme, é usada na fabricação de conservas, compotas e bebidas licorosas, como o Kirsch, o Cherry e o Marasquino.

As cerejas contém proteínas, cálcio, ferro e vitaminasA, B, e C. Quando consumida ao natural, tem propriedades refrescantes, diuréticas e laxativas. Como a cereja é muito rica em tanino, consumida em excesso pode provocar problemas estomacais, não sendo aconselhável consumir mais de 200 ou 300 gramas da fruta por dia.

O cultivo da cerejeira é realizado em regiões frias. Necessitam de 800 a 1000 horas de frio para que possam produzir satisfatoriamente em áreas com Invernos frios e chuvas.

In - http://pt.wikipedia.org/wiki/Cerejeira

cerejeiras 1_InPixio_ms

Mais que uma vez me vou referir a esta árvore de fruto que ora concentrada em grande cerejal até disseminada um pouco por toda a aldeia de Águas Frias.

É, para mim a árvore de fruto de eleição das muitas que se encontram pela aldeia.

Não é somente o sabor suculento do fruto por ela produzido, mas toda a beleza desde a floração, até ao desenvolvimento do fruto passando pelas variadas colorações por que vai passando.

Com o início da Primavera a cerdeira (cerejeira) vai desenvolvendo, lentamente, uma flor pequena, simples e alva.

cerejeiras 2_InPixio_ms

Por si só, não passaria de uma flor comum a muitas outras, mas esta singeleza torna-se magnânima, quando todas as suas irmãs desabrocham tornando cada árvore uma fonte de admiração.

cerejeiras 4_InPixio_ms

Agora imaginem um campo repleto delas … um espectáculo que a vista não se cansa de observar.

Um “mar” branco de flores.

Tenho comparado esta imagem às amendoeiras em flor, que tanta publicidade lhe é dada, mas esta (cerejeiras) é, senão mais bela, sê-lo-á, certamente de igual beleza.

cerejeiras 5_InPixio_ms

Pena que não se promova este espetáculo, que embora efémero, poderia ser palco para que muita gente que nunca teve esse privilégio de o ver e ao mesmo tempo poder contactar com a Aldeia e a sua hospitaleira gente.

Mas a beleza desta árvore não fica por aqui.

O vento, as abelhas e outros insetos, trabalham afincadamente para que a polinização se faça e a fecundação se concretize.

Começam a aparecer por entre a folhagem “cachos” de pequenos frutos, ainda pequenos e verdes.

cerejeiras 7_InPixio_ms

cerejeiras 8_InPixio_ms

Com a ajuda do sol e de alguma água, esses frutos verdes vão faseadamente tomando diversos coloridos; verde claro, amarelado, mesclado de amarelo e rosado, até …

cerejeiras 9_InPixio_ms

... finalmente, a partir de fins de maio e junho, tomarem a sua majestosa cor vermelha (mesmo assim em diversas tonalidades consoante a variedade da cerejeira, do rosado, ao vermelho vivo até ao granã quase negro).

cerejeiras 10_InPixio_ms

cerejeiras 11_InPixio_ms

A beleza desta árvore torna-se novamente surpreendente, pois a mistura da folhagem verde salpicada de frutos vermelhos, torna-a única.

cerejeiras 12_InPixio_ms

Falar dela faz revisualizar esta paisagem, mas nada se compara com a visualização no local, enquadrada em toda a sua envolvente.

Se acham que exagero, na devida época venham vê-las. Penso que se forem rápidos ainda encontrarão muitas carregadas de fruto.

E por falar de fruto e como diz o ditado popular e com razão “é a cereja em cima do bolo” – não é por acaso que este ditado popular, percorrendo séculos, ainda é hoje amplamente aplicado para designar que “agora sim, tudo está perfeito”.

cerejeiras 13_InPixio_ms

AGORA JÁ  NÃO PRECISA ABRIR A CEREJA

PARA VERIFICAR SE TEM "BICHO"

Basta seguir os seguintes conselhos:

 

1.º - Verificar cuidadosamente a cereja em toda a sua superfície;

2.º Se na cereja  encontrar um pequeno orifício - PODE COMER À VONTADE, porque o "bicho" que estava no interior já saíu.

3.º Se a cereja não tiver qualquer oríficio, PODER COMER À VONTADE, pois é sinal que o "bicho"  não entrou.

 

 

BOM APETITE !!!!!!

 

🌼    🍒

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Mário Silva às 00:06






Setembro 2021


mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

LUMBUDUS

blog-logo

Horas certas


calendário

Janeiro 2021

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Metereologia






Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.