Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


... poucas palavras e alguns pormenores desta Aldeia …

Quarta-feira, 28.10.20

 

... poucas palavras

e alguns pormenores

desta Aldeia …

 

 Republicação de 12 de outubro de 2013, in:

https://aguasfrias.blogs.sapo.pt/2013/10/12/

 

Tendo como lema: "uma imagem vale por mil palavras", vou deixar somente alguns registos de pormenores desta bela Aldeia flaviense - ÁGUAS FRIAS.

 

Foto 1

Pôr do sol por Trás-Os-Montes ...

 

Foto 2

  Girassóis de "costas" voltadas para a água (fria) ...

 

Foto 3

Edifício da Junta de Freguesia

(Águas Frias, Assureiras, Avelelas, Casas de Monforte, (A)Sobreira) ...

 

 

Foto 4

    Pardal brincando com pedaço de papel  ...

 

Foto 5

Há sempre um elo que nos une  ...

 

🏡 🏠  🏠 🏠  🏠 🏡

.

Ver também:

https://www.facebook.com/mario.silva.3363

https://mariosilva2020.blogs.sapo.pt/

http://aguasfrias.blogs.sapo.pt

https://aguasfriaschaves.blogs.sapo.pt/

www.flickr.com/photos/7791788@N04

https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA?view_as=subscriber

.

🏡 🏠  🏠 🏠  🏠 🏡

.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Mário Silva às 00:06

Alguns registos (avulsos) da aldeia flaviense – Águas Frias - PORTUGAL (05-10-2013)

Sábado, 24.10.20

 

Alguns Registos (avulsos) da aldeia flaviense 

Águas Frias - PORTUGAL

 

Republicação de 05 de outubro de 2013, in:

https://aguasfrias.blogs.sapo.pt/2013/10/05/

 

 

O tempo disponível é pouco, ... as notícias de /sobre Águas Frias não me chegam (ou quando chegam já são com muito atraso e descontextualizadas no tempo), por isso só me resta deixar alguns registos que vou tomando das breves visitas que faço a esta "pequena Aldeia Transmontana".

*

Os registos que deixo são aleatórios, pois não se sujeitam a qualquer tema específico, e têm como objetivo (e o que me levou a concretizar este blog) de partilhar momentos e observações que faço sobre a Aldeia.

vista geral

  Vista Geral de Águas Frias

Uma bela casa que já teve melhores dias

Majestosa chaminé e bela Casa que já viveu "dias melhores"

 

Um caminho

... a caminho de ... 

 

Uma casa portuguesa

... é uma casa portuguesa, com certeza ...  

 

flor de cardo_ms

  ...flor silvestre -  cardo ... 

 

Trabalho no campo

   ... trabalhando no campo ... 

 

Uma janela

... janela com cortinas de renda ...

Lampaça_ms

  ... vista parcial da Aldeia (Lampaça) ... 

 

Em breve voltarei, com mais alguns registos que equivalem a outros tantos momentos de observação e contemplação desta "pequena Aldeia transmontana” - ÁGUAS FRIAS.

 

🏡🏠🏠🏡

 

Ver também:

https://www.facebook.com/mario.silva.3363

https://mariosilva2020.blogs.sapo.pt/

http://aguasfrias.blogs.sapo.pt

https://aguasfriaschaves.blogs.sapo.pt/

www.flickr.com/photos/7791788@N04

https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA?view_as=subscriber

.

🏡  🏠  🏠  🏡

.

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Mário Silva às 00:06

Outono - Águas Frias (Chaves) - PORTUGAL (26 de outubro de 2007)

Sexta-feira, 16.10.20

.

***********************************************************************************

Outono

Águas Frias – Chaves – PORTUGAL

*********************************************************************************

.

Republicação de 26 de outubro de 2007, in:

https://aguasfrias.blogs.sapo.pt/2007/10/26/

Outono 1_ms

O Outono já chegou há mais de um mês e com a sua chegada, os dias vão “mingando” (e não se esqueçam que no próximo domingo, dia 25, às 2horas da madrugada os ponteiros do relógio atrasam para a 1hora); a temperatura vai descendo, em especial à noite (já sabendo bem uma lareirinha acesa); e o grau de humidade vai subindo, fazendo aparecer o nevoeiro (como documenta a foto, envolvendo o cume da serra do Brunheiro, fazendo desaparecer o ex-libris de Águas Frias – o seu Castelo de Monforte do Rio Livre).

 É o tempo da fruta madura …

… e como ela abunda(va) nesta Aldeia …

Outono 2_ms

Este ano, as árvores, mesmo sem tratamento (ou quase nenhum), encheram-se de frutos, fazendo “vergar” os seus ramos, sendo em muitos casos, necessário “estacá-los” para suportar o peso.

Outono 3_ms

Havendo muita fruta, … poucas pessoas para se deliciarem com ela (cada vez há menos gente na Aldeia), … e poucos animais a quem dar o excedente, ela … a fruta …, cai de madura e … jaz no chão, … polvilhando a terra ao redor da árvore que lhe deu origem.

Outono 2a_ms

É uma pena, mas …

(Enquanto escrevo, e longe desta vista, lá vou eu dando uma “trinca” numa maçã que trouxe da última visita a Águas Frias. Huuuuuuuum, … que aroma, … que sabor, … que diferença daquelas que se compram no supermercado).

Bom, já chega de fazer crescer “água na boca”.

Outono 5_ms

 ***********

Voltemos, ao Outono …

… e nada melhor que possa descrever esta estação do ano em Águas Frias, do que um poema que recebi de uma flaviense, filha de um aquafrigidense, que tem por nome Cláudia dos Anjos Lopes e que passo a transcrever:

 

Outono em Águas Frias

 

Ouve-se o sino da igreja da aldeia

Anuncia as horas com suas badaladas

Os habitantes vão preparando a ceia

E observando no céu nuvens avermelhadas

 

São sete horas da tarde em Águas Frias

A penumbra envolve o disperso casario

Já não há Sol e começa a ficar mais frio

Aproxima-se o Inverno e diminuem os dias

 

Avista-se o castelo de Monforte, imponente

O local dos agradáveis almoços estivais

Vinham os amigos, para um dia diferente

Dali distinguiam as suas aldeias natais

 

Mas o Outono é tempo de procurar na ribeira

As deliciosas rocas e os tortulhos selvagens

Passa-se bem o tempo e apreciam-se as paisagens

Ao voltar, assam-se os petiscos numa grelha na lareira

 

Cláudia dos Anjos Lopes

.

🍁

.

Ver também:

https://www.facebook.com/mario.silva.3363

https://mariosilva2020.blogs.sapo.pt/

http://aguasfrias.blogs.sapo.pt

https://aguasfriaschaves.blogs.sapo.pt/

www.flickr.com/photos/7791788@N04

https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA?view_as=subscriber

.

                                                                                      🍁

.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Mário Silva às 18:45

Poema de outubro – Águas Frias (Chaves) – PORTUGAL (13_10_2012)

Segunda-feira, 12.10.20

 

 

Republicação de 13 de outubro de 2012, in

https://aguasfrias.blogs.sapo.pt/2012/10/13/

 

Poema de Outubro

 

As suas cores cruas, sequiosas e ousadas,

dizem que são duras, de verdade capital,

mostram almas livres e belas, que voam,

para um abrigo cruel, esperado e respeitado.

raio de sol_ms

Um raio de luz outonal ...

 

O seu comportamento é incerto, desperta

o pensamento incauto, que era passado,

exercita a natureza tola e impossibilitada,

traz fantasias densas em arrepios alados.

cacho de uvas_ms

Cacho de uvas na cepa ...

 

Badala a ilusão doce e pura da hibernação,

sono leve, repousante e doentio. Edificado,

onde se recolhem os ousados sãos e impuros,

descansando da dor infernal…dos dias sujos.

Vindimando_ms

Vindimando ...

 

Tudo permanece calmo, quente e desigual,

as sensações do oculto pelo sol queimadas,

não se separam numa paragem qualquer,

viajam no centro das descobertas toscas.

uvas e figos_ms

Frutos outonais ...

 

E a perpetuidade, que não é uma lenda,

é aparição impalpável de odor poético,

é a conjugação acrobática e imperfeita,

da existência inexplicável, com o meio.

carregando sacos das uvas_ms

Carregando as uvas vindimadas ...

 

Daquela que brinca com o universo,

que se deita numa cama de estrelas e

tem as letras e o sol como almofada,

no sono, Vénus, nua, sentada em lua.

pipo_ms

 O pipo em espera ....

 

A sede que a ele colam, é de existência

digna, irrequieta, que devorou a inépcia

da alma, que camuflou, mas não varreu

a incompreendida ética, de sonhador

imoral, que depois de morrer na sua

existência, na sua morte viverá.

 .

Samuel Santos

 

In: http://samuca.bloguepessoal.com/445385/POEMA-DO-OUTUBRO/

.

🍇

.

Ver também:

https://www.facebook.com/mario.silva.3363

https://mariosilva2020.blogs.sapo.pt/

http://aguasfrias.blogs.sapo.pt

https://aguasfriaschaves.blogs.sapo.pt/

www.flickr.com/photos/7791788@N04

https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA?view_as=subscriber

.

                                                 🍇

 

.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Mário Silva às 00:06

Vindimas - Águas Frias (Chaves) - PORTUGAL (20 de out 2007)

Quinta-feira, 08.10.20

 

.

Vindimas - Águas Frias (Chaves)

(20 out 2007)

.

Republicação de 20 de outubro de 2007, in:

https://aguasfrias.blogs.sapo.pt/2007/10/20/

.

Embora, um pouco tardio (já que se realizaram em finais de setembro inícios de outubro), decidi dedicar o tema deste "post" às Vindimas em Águas Frias - Chaves.

Vind 1ms

 

 As vinhas, Águas Frias e o Castelo

------------------------------------

O ato de vindimar é o culminar de um looongo e árduo trabalho de todo um ano - já que se teve que podaras vides, escarnar, lavrar, caldear, ....) e ... com a desvantagem da maioria das vinhas em Águas Frias ficarem longe do centro a aldeia.

Vind 2_ms

 

Vind 3_ms

 

Talvez por esse motivo, esta atividade agrícola, esteja sempre ligada à alegria ...

 

... Antigamente, enquanto se vindimava, cantava-se, havendo, até despique entre grupos de vindimadores, sendo uma forma de cadenciar a tarefa, torná-la mais "leve"; fazendo esquecer  as dores das costas e braços; de esquecer o frio ou a chuva; e até, sendo uma maneira ardilosa de poupar uns cachos de uvas - "enquanto se canta não se come..."

Vind 4_ms

 

Vind 5_ms

 

E por falar em comer ... quem não se lembra, de a meio da manhã, do "mata-bicho", que a dona da vinha preparava e carregava pelos caminhos, trazendo-o aos vindimadores, em cestos cobertos em alvos panos?

Vind 6_ms

 

Era preciso retemperar as forças, pois a tarefa de cortar cachos de uvas, encher os baldes (antigamente, cestos vindimos) que depois de cheios era preciso levar às costas para, hoje o trator, antigamente a carroça.

Vind 7_ms

 

Mas as vindimas ainda não acabaram aqui ... é preciso descarregar todas as uvas para o lagar.

Ao entardecer ou à noitinha, nova etapa é urgente concluir - pisar as uvas.

Vind 8_ms

 

Hoje já pouco se pode comparar ao passado não muito longínquo ....

Os homens, de calções ou calças arregaçadas por cima do joelho e pés descalços, amassam as uvas de forma ritmada, mas enérgica, entoando cantigas que, por vezes, eram acompanhadas pelo som do realejo.

Vind 9_ms

 

Tudo se fazia com alegria e cooperação, já que estas tarefas exigiam força de muita gente e as famílias ajudavam-se umas às outras, evitando assim o pagamento de jeiras.

Agora, é preciso deixar o mosto fermentar ...

Vind 10_ms

 

Mas, ainda muito há a fazer até que se possa provar este néctar dos Deuses (seja ele Baco, romano ou Dionísio, grego) .... esperemos pela altura do S. Martinho.

 .

Até lá .... vai-se degustando o que ainda ficou nas pipas do ano anterior.

.... já que este ano não foi um ano de abundância (houve vinhas que produziram menos 30 a 40% relativamente ao ano anterior), que ele seja "pouco mas bô" .

 .

Vind 11_ms

 

As Vindimas
.........................................


Já acabou o verão,
As vindimas estão a começar.
As uvas vão para a fermentação,
Para depois o vinho se preparar.
.

Como é bom recordar,
As vindimas na nossa aldeia.
E as uvas pisar,
À noite à luz da candeia.

.
E recordar também,
As cantigas de antigamente.
Que toavam pelos vinhedos além,
Cantadas por toda a gente.

.
À noite já no lagar,
As uvas se pisavam.
Os garotos eram os primeiros a entrar,
E os homens os ensinavam.

.
Era bonito ver a garotada,
Numa festa de alegria.
Ia-se cantando à desgarrada,
E música a toque de sanfona havia.

.
A adiafa* depois se fazia,
Quando o vinho ia a cozer.
Com cantares e música o povo se divertia,
Não faltando boa pinga e o comer.

.
Eram tempos de outrora,
Cantando de noite e dia.
As vindimas de agora,
Já não têm a mesma alegria!

 .

                                                                                                                Arnaldo Anacleto

......................................................

* adiafaoferenda de alimentos e/ou gratificação com que se compensavam os trabalhadores no fim de qualquer labor agrícola importante (vindimas, ceifa, colheita, …)

                                                                    

                                                                                       🍇🍇🍇

.

Ver também:

https://www.facebook.com/mario.silva.3363

https://mariosilva2020.blogs.sapo.pt/

http://aguasfrias.blogs.sapo.pt

https://aguasfriaschaves.blogs.sapo.pt/

www.flickr.com/photos/7791788@N04

https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA?view_as=subscriber

.

                                                                                            🍇

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Mário Silva às 00:06







mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

LUMBUDUS

blog-logo

Horas certas


calendário

Janeiro 2021

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Metereologia






Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.