Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Era uma vez uma casa só ...  - Águas Frias (Chaves) – Republicação de 27-09-2007

Quinta-feira, 10.09.20

 

 

Era uma vez uma casa só ... 

Águas Frias (Chaves) – PORTUGAL

 

Republicação de 27 de setembro de 2007, in:

https://aguasfrias.blogs.sapo.pt/2007/09/27/

 

 *******************************************

Procurando fotos para colocar neste espaço, sobre a aldeia de Águas Frias, verifiquei que em muitas delas apareciam casas que por falta de ocupação, se encontravam em estado avançado de degradação. Embora essas imagens nem sempre sejam as mais esteticamente agradáveis para o observador, elas representam um Passado e Vida da aldeia e, certamente, têm uma História repleta de estórias para contar.

Como não conheço as suas verdadeiras histórias, vou tomar a liberdade de contar uma história imaginária de uma casa imaginária, que bem poderia ser a de uma qualquer casa inabitada de Águas Frias ou de outra qualquer aldeia de interior destas terras a Trás-os-Montes plantada.

***

Nota: As fotos que acompanham a história servem somente como ilustração e serviram tão somente de inspiração, não correspondendo necessariamente ao conteúdo da história (imaginária ??)

***

“Era uma vez uma casa, … uma casa agora velha, usada, marcada pelo passar tempo, pela vida dos que lá viveram, … uma casa levantada, pedra a pedra, com o esforço e suor, que se foi acomodando consoante as necessidades das pessoas que nela habitaram.

Hoje, a casa está só (embora no meio de muitas outras … ora como ela  … ora exaustas pelo rigor dos tempos e se deixaram abater … ora metamorfoseando-se pelas novas técnicas, dando-lhes a dignidade que merecem ou escondendo as suas origens e tentando “civilizá-las” com materiais que as deixam com ar estupefacto….

Casa só (1)_ms

Ela sente-se só … vazia, mas …com milhares de sonhos daqueles que lá dormiram nos seus quartos …que correram nos seus corredores, que se inebriaram nas suas adegas … que correram nos seus corredores … que cruzaram as suas portas …que observaram o “acontecer o mundo” através das suas janelas …

Casa que foi, em tempos que já lá vão, o centro de tudo (para quem lá viveu).

Hoje, … está só …

…mas foi durante décadas, um projeto de vida, o centro da existência de tantas pessoas, de tantas gerações.

…foi o íman aglutinador da família …

 

A casa que rejubilou com os nascimentos, sofreu com as maleitas, chorou com as mortes, fomentou amores, e até …

 

A casa, agora, foi abandonada do riso das crianças, que corriam pelos corredores, no jogo da apanhada ou fazendo traquinices aos irmãos …

 

A casa é agora apenas uma ténue ideia do que foi no passado.

Casa só (2)_ms

A casa é hoje uma névoa onde habitam fantasmas, uma ruína curvada pelo peso de vidas passadas, uma história contada nas rugas dos materiais que se vergam e caem … no pó.

 

Sob a mantilha desse passado está a vida silenciosa desse espaço que não fala por palavras nem por gestos, mas pelo passar dos dias e dos anos.

 

A casa é todo um universo. A casa é toda a ideia que se fez dela, as estórias que se contaram de uns para outros, de tempo para tempo.

Foi e é, todo um desejo de eternidade, cravado no granito das suas paredes …

Hoje a casa está só, … sem ninguém, … vazia de si mesma e vergada pelas emoções, afetos, vivências que silenciosamente partilhou.

 

Afinal, o que fica das coisas sem vidas que as habitem?

 

Somente pedras …, que apesar de serem somente matéria inanimada, podem mostrar-nos toda uma Vida."

 

                                                          🏚

.

Ver também:

https://www.facebook.com/mario.silva.3363

https://mariosilva2020.blogs.sapo.pt/

http://aguasfrias.blogs.sapo.pt

https://aguasfriaschaves.blogs.sapo.pt/

www.flickr.com/photos/7791788@N04

https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA?view_as=subscriber

.                        

                                   🏚

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Mário Silva às 00:37

Memórias recolhidas em agosto de 2007  - Águas Frias (Chaves) - PORTUGAL

Quarta-feira, 29.07.20

 

 

Memórias recolhidas em agosto de 2007 

 

 

Republicação de 21 julho de 2012,in:

https://aguasfrias.blogs.sapo.pt/2012/07/21/

 

 

Tenho ído ao "baú" das recordações fotográficas que vou recolhendo ao longo das minhas "escapadelas" até Águas Frias e vou constatando que muita coisa permanece como sempre (por vezes, ainda bem, outras, ainda mal).

Mas estamos quase em tempo de férias e agora não será o melhor momento para reflexões!!!

Assim, deixo aqui, alguns registos que remontam a agosto do ano de 2007 (só passaram quase 13 anitos ...).

Memórias 1

A roseira em Cimo de Vila

Memórias 2

A janela "só"

 

Memórias 3

A Cancela

 

Memórias 4

O Castelo de Monforte de Rio Livre

 

Memórias 5

A Rua da Lampaça

 

Memórias 6

Retrato em Azulejo na Escola Primária

 

 

Memórias 7

Vista parcial de Águas Frias

 

Memórias 8

 Um joguito de futebol no "Estádio" de Águas Frias

 

.

                                                                                    💭

.

Ver também:

https://www.facebook.com/mario.silva.3363

https://mariosilva2020.blogs.sapo.pt/

http://aguasfrias.blogs.sapo.pt

https://aguasfriaschaves.blogs.sapo.pt/

www.flickr.com/photos/7791788@N04

https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA?view_as=subscriber                               

.

💭          💭         💭

.

Logo Mário Silva 2

 

.

.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Mário Silva às 00:06

MEMÓRIAS FOTOGRÁFICAS DE 2008 (14 JUL 2012)

Domingo, 26.07.20

 

 

MEMÓRIAS FOTOGRÁFICAS DE 2008

(14 JUL 2012)

 

.

Republicação de 14 JUL 2012, in:

https://aguasfrias.blogs.sapo.pt/39005.html

.

Hoje fui ao baú das recordações fotográficas e venho partilhar esses momentos passados na Aldeia de Águas Frias. As fotos já se reportam a agosto de 2008 (já passaram quase 12 anitos) mas poderiam ser tiradas hoje que as diferenças seriam impercetíveis.

foto 1

A macieira e o Pôr do Sol

 

foto 2

Campo de cultivo a despontar

 

foto 3

Casa típica com a sua escada exterior de pedra (já demolida)

 

Porque há lugares, meu Deus,
que têm de ser mantidos.
E é preciso que tudo isto continue,
Quando já não for como agora,
Mas melhor.

É preciso que a vida do campo continue.
E a vinha e o trigo e a ceifa e a vindima.
(...)

A Aldeia é este sossego feito de silêncio e casas pequenas,
de campos e rebanhos.
Esta paz que pode servir para preparar algum combate.
Na Aldeia há palavras difíceis.
A Aldeia não está na moda.
Seja bem-vindo. Escolha o seu caminho.

 .

 

(Charles Péguy)

 

foto 4

O sr. Tonhinho e a carroça

 

foto 5

As nuvens e o Castelo de Monforte de Rio Livre

foto 6

O equilíbrio das fragas

 

foto 7

Olhar pelo meio do tronco de castanheiro

 

foto 8

A casa e a fraga

foto 9

Casa típica "envelhecida" (já demolida)

 

E como já dizia a canção de Vítor Espadinha " Recordar é viver"  ... então Recordemos e Vivamos em paz e alegria com a esperança de voltar (ou visitar pela primeira vez esta pequena, mas bela aldeia transmontana - ÁGUAS FRIAS.

 .

.

                                                               📸

.

Ver também:

https://www.facebook.com/mario.silva.3363

https://mariosilva2020.blogs.sapo.pt/

http://aguasfrias.blogs.sapo.pt

https://aguasfriaschaves.blogs.sapo.pt/

www.flickr.com/photos/7791788@N04

https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA?view_as=subscriber                               

.

                      📸                    📸                   📸

 

 

Logo Mário Silva 2

 

.

 

.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Mário Silva às 00:06

ESTA VELHA HUMANIDADE (23 JUL 2011)

Sexta-feira, 17.07.20

 

ESTA VELHA HUMANIDADE

 

Republicado em 23 JUL 2011,in:

https://aguasfrias.blogs.sapo.pt/2011/07/23/

 

Umbral branco_ms

Alvos Umbrais -  Agosto 2008

 

"Esta velha humanidade, tudo quanto seja acreditar que dois e dois são quatro, quatro e quatro, oito, e oito e oito, dezasseis, muito bem e sem nenhuma prova; agora quando lhe dizem que há gente que morre pela sua verdade, é preciso mostrar-lhe Sócrates a beber a cicuta, Catão com a espada enterrada no ventre, Cristo pregado na cruz, — e nem assim."

 

Miguel Torga - Diário (1936)

 

.

                                                                🤫

.

Ver também:

https://www.facebook.com/mario.silva.3363

https://mariosilva2020.blogs.sapo.pt/

http://aguasfrias.blogs.sapo.pt

https://aguasfriaschaves.blogs.sapo.pt/

www.flickr.com/photos/7791788@N04

https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA?view_as=subscriber                            

.

                                        🤫               🤫              🤫

.

Logo Mário Silva 2

 

.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Mário Silva às 00:06

Rua N.ª Sr.ª dos Prazeres - de 2011

Sábado, 23.05.20

 

 

Rua N.ª Sr.ª dos Prazeres

 

Vamos desde a Rua Cimo de Vila até à Estrada Nacional.

 

 

É uma rua íngreme mas que tem alguns pontos de interesse como seja o "pórtico" que inicia a Rua e que provavelmente seria a entrada principal de uma grande quinta.

 

De notar que no cimo desse pórtico existe uma pedra talhada em forma de concha (seria ponto de passagem para os caminhos de Santiago???).

 

 

No meio dessa rua já foi o local de uma "Escola Primária", hoje habitação da Sr.ª Lila.


 

O nome da rua deve-se à existência de uma pequena capela, agora (em 2011) em estado de degradação completa, mas ao que me foi dito, esta será motivo de obras  de restauro, dando dignidade à capela de Nª Srª dos Prazeres (hoje, 2020 já restaurada, mas sem nenhuma imagem de Nª Srª dos Prazeres).

 

 

Esta capela, em tempos, estava aberta à população e até era rezada missa, mas já não sei em que altura do ano.

Como povo devoto, os aquafrigidenses tinham e têm uma devoção especial por esta santa.

 

 

 Enquanto subimos a rua, iremos contar um pouco da história desta santa, N.ª Sr.ª dos Prazeres:

 

 

Bem antes da última peste que houve em Lisboa, em 1599, uma imagem da Mãe de Deus, apareceu sobre uma fonte, em Alcântara, na quinta dos Condes da Ilha.

 

 

Essa fonte começou a ser chamada de "santa" porque sua água passou a curar várias enfermidades.

 

Os condes levaram a imagem para sua casa, colocando-a em seu oratório. No entanto, certo dia a mesma imagem desapareceu do seu lugar para ser encontrada sobre um poço.

 

 

Nossa Senhora manifesta-se, então, a uma menina, dando-lhe a missão de pedir aos vizinhos e familiares para ali construirem uma capela onde ela fosse venerada sob o título de Senhora dos Prazeres.

 

 

As pessoas não duvidaram da criança e em pouco tempo a ermida foi erguida.

 

 

A imagem foi ali depositada e os prodígios começaram a ocorrer.

 

 

Nossa Senhora dos Prazeres é a mesma Nossa Senhora das Sete Alegrias, devoção de origem franciscana.

 

 

As maiores alegrias ou os maiores prazeres de Maria Santíssima, que foram enumerados por um noviço franciscano, são os seguintes: a anunciação do anjo, a saudação de Isabel, o nascimento de Jesus, a visita dos Reis Magos, o encontro com o Menino no templo, a primeira aparição do Ressuscitado e a sua coroação no céu.

 

 

Portugal foi a primeira nação católica a festejar as alegrias de Maria.

 

Senhora dos Prazeres, vinde encher de alegria a nossa vida.

Afastai de nós toda espécie de tristeza.

Rogai por nós, que recorremos a vós!

 

 

 

 

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DOS PRAZERES

Nossa Senhora dos Prazeres, nossa mãe querida, lembrando-nos de vossas grandes alegrias: a Anunciação do Senhor, a Visita à vossa prima Santa Isabel, o Nascimento do Menino Deus, a Adoração dos Magos ao vosso divino Filho, o Encontro de Jesus no Templo, a Ressurreição de Cristo e a vossa gloriosa Assunção, queremos pedir vossa intercessão por nós e pelas nossas famílias junto a Deus. Que Ele nos livre das doenças e dos perigos, do desemprego e da desunião. Nossa Senhora dos Prazeres, ajudai-nos a sermos bons seguidores de vosso adorado Filho, lendo e refletindo a Bíblia Sagrada, alimentando-nos de Jesus na Eucaristia e participando ativamente de nossa Comunidade. Queremos viver o mandamento do amor para com todos e caminhar em nossa vida dentro da justiça, colaborando para a construção da paz e da fraternidade.

Amém.

 

Chegamos finalmente à Estrada Nacional  ...

 

{#emotions_dlg.portalegre}

Republicação de 29 de maio de 2011 em https://aguasfrias.blogs.sapo.pt/2011/05/29/

 

Ver também:

 

https://www.facebook.com/mario.silva.3363

http://mariosilva2020.blogs.sapo.pt

https://aguasfrias.blogs.sapo.pt

www.flickr.com/photos/7791788@N04

https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA?view_as=subscriber

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Mário Silva às 00:08






Setembro 2021


mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

LUMBUDUS

blog-logo

Horas certas


calendário

Janeiro 2021

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Metereologia






Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.